Semana da Internet Segura- 4 a 8 de fevereiro

O tema deste ano é
“Os Direitos e os Deveres na Internet”

 e o slogan
"Liga-te, mas com respeitinho…"


"O Dia da Internet Mais Segura (SID) é coordenado pelo CENTRO INTERNET SEGURA e decorre em Fevereiro de cada ano para promover uma utilização mais segura, inclusiva e mais responsável das tecnologias on-line e telefones móveis, especialmente entre as crianças e jovens em todo o mundo".

Mais informações em http://www.internetsegura.pt/


Incrível escultura em homenagem a Nelson Mandela


A escultura consiste em 50 placas de aço com 10 metros de altura, cortadas a laser e inseridas na paisagem, representando o 50.º aniversário da captura e prisão de Nelson Mandela, em 6 de agosto de 1962, no próprio local onde tal sucedeu, e que lhe custaria 27 longos anos de prisão.
Num ponto específico de observação, a visão em perspetiva das colunas surpreende ao assumir a imagem de Nelson Mandela. O escultor é Marco Cianfanelli, de Joanesburgo.
.

Nelson Mandela

Ilustração: Daniela Rodrigues do 5º ano

"Ao longo dos milénios que a História leva de contados, surgem figuras que a memória colectiva dos homens vai retendo.

E, através do sopro do tempo, esses nomes vão passando, galgam gerações e não se sabe quando tem fim este percurso autonómico.

Homens ou mulheres deixaram, na História, o rasto da sua incrível e inapelável perversidade, do seu cinismo, da sua hipocrisia - quem sabe, se da sua doença mental? - e que os/as levou a tornarem-se conhecidos e citados por más razões.

Outros e outras houve cuja passagem pela vida é invocada em citações de ostensiva cultura ou em apelos de exemplar e sublime mensagem.

São seres humanos fiéis a um ideal que se propuseram seguir e defender, sem se afastarem, sob qualquer pretexto, da linha traçada que os conduzia à integração plena da sua consciência.

São seres humanos que sempre consideraram o seu semelhante como parte integrante do mundo em que eles próprios se moviam e, como tal, detentor de todos os direitos.

Nem eles próprios se sentiam capazes de viver, na indiferença. Lutar em defesa dos que não tinham voz ou apenas podiam lançar um gemido quase inaudível, fez desses lutadores - homens ou mulheres - gigantes no meio de uma sociedade de que teimava em fechar os olhos a uma realidade cruel e mesquinha.

Lutaram, intrepidamente, por um ideal de paz, concórdia e fraternidade.

Até ao fim, os valores mais altos da dignificação do homem foram defendidos.

Os conceitos de paz, concórdia e fraternidade não eram meras notas essenciais, não eram abstracções estéreis, foram, sim, valores dignificadores desses homens e mulheres que se imolaram na defesa e ideais nunca traídos.

Três grandes pacifistas, concordes e fraternos enriqueceram o século XX. Repudiaram a luta que opunha, violentamente homens contra homens; que encharcava de sangue, transformado em ódio, a face do irmão discordante.

Pregaram a palavra do amor, não o amor rendido às paixões, mas o amor que glorifica o ser amado, que o respeita e defende. O seu ideal não foi imaculado pelo ódio, não violentou, não submeteu a força da razão à força da violência.

Foram três homens impolutos, magníficos, surpreendentes, imortalizados pelo vigor da palavra e pela coerência dos seus actos.

Robustos e imparáveis na fé das suas convicções, encontraram ânimo e valor para enfrentar o inimigo, sujeitando-o à humilhação de, sendo poderoso pelas armas, era frágil ao desprezar o que o homem tem de superior: a dignidade.

Pregadores da paz, os dois primeiros morreram às mãos de quem encontrou na violência a resposta para a ousadia dos que queriam mudar o rumo de uma sociedade adormecida.

Felizmente, está vivo e ainda vigoroso no seu pensamento, Nelson Mandela, mártir da Àfrica do Sul".

Maria Noémia de Melo Leitão


Continuar a ler: http://www.aaaio.pt/public/ioand551.htm

O poema que inspirou Nelson Mandela



O poema Invictus, do poeta Inglês William Ernest Henley (1849-1903), foi escrito em 1875, publicado pela primeira vez em 1888 e citado por Nelson Mandela como fonte de inspiração durante o seu tempo na prisão.


"De dentro da noite que me cobre,
Negra como a cova, de ponta a ponta,
Eu agradeço a quaisquer deuses que sejam,
Pela minha alma inconquistável.

Na cruel garra da situação,
Não estremeci, nem gritei em voz alta.
Sob a pancada do acaso,
Minha cabeça está ensanguentada, mas não curvada.

Além deste lugar de ira e lágrimas
Avulta-se apenas o Horror das sombras.
E apesar da ameaça dos anos,
Encontra-me, e me encontrará destemido.

Não importa quão estreito o portal,
Quão carregada de punições a lista,
Sou o mestre do meu destino:
Sou o capitão da minha alma".



Novidades da Feira do Livro de Natal



 O lucro da Feira do Livro, realizada no fim do 1º Período, enriqueceu o nosso fundo documental com a aquisição de 11 livros. Ainda foi possível adquirir o "Diário de um banana 6" com a venda dos marcadores e cartões de Natal, concebidos pelos alunos nos seus tempos livres na biblioteca.

A equipa da BE-CRE agradeçe a todos, comunidade educativa, aqueles que nos visitaram, e os que possibilitaram o êxito das nossas vendas.

Também aproveitamos para agradecer aos alunos e encarregados de educação, a doação de livros à biblioteca.






Desenho do Mês- JANEIRO

 "Cantando e tocando as Janeiras" - autor: Rui Ramos- 7ºE






"A designação do mês de janeiro tem origem no nome de Janus, deus romano que tinha o dom de conhecer tudo o que aconteceu no passado e o que se passa no pre...sente. Para além de presidir no tempo, preside também à paz e à guerra. Para honrar este deus, os romanos costumavam, no ínicio do ano, trocar presentes e fazer visitas uns aos outros. Este mês era representado por uma cabeça com quatro caras que simbolizavam as estações do ano".

"Invictus" Um filme sobre Mandela, Personalidade do Mês na BE

O Prof. Francisco Farinha trouxe os seus alunos à biblioteca para assistirem à projeção do filme.             

Sinopse: "Recentemente eleito Presidente, Nelson Mandela sabia que a nação continuava racista e economicamente dividida, fruto do apartheid. Acreditando que poderia unir o seu povo através da linguagem universal do desporto, Mandela apelou à selecção de rugby, que fez uma improvável caminhada até à Final do Campeonato do Mundo de 1995".


"Conto lá" na BE

Mais uma seção de conto, proporcionada pela Biblioteca Municipal do concelho.

"Se houvesse limão", de Alice Vieira, foi a história escolhida para duas turmas do 1º ciclo, respetivamente 1º,2º e 3º anos.





Liberdade- Poema de Fernando Pessoa


Ai que prazer
Não cumprir um dever,
Ter um livro para ler
E não fazer!
Ler é maçada,
Estudar é nada.
O sol doira
Sem literatura
O rio corre, bem ou mal,
Sem edição original.
E a brisa, essa,
De tão naturalmente matinal,
Como o tempo não tem pressa...

Livros são papéis pintados com tinta.
Estudar é uma coisa em que está indistinta
A distinção entre nada e coisa nenhuma.

Quanto é melhor, quanto há bruma,
Esperar por D.Sebastião,
Quer venha ou não!

Grande é a poesia, a bondade e as danças...
Mas o melhor do mundo são as crianças,

Flores, música, o luar, e o sol, que peca
Só quando, em vez de criar, seca.

Mais que isto
É Jesus Cristo,
Que não sabia nada de finanças
Nem consta que tivesse biblioteca...

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

Dia Mundial da Liberdade - 23 janeiro 2013

"A Liberdade é única, aproveita-a!

Autora da ilustração: Inês Mateus do 7ºano









"Uma boa cabeça e um bom
coração são sempre uma
formidável combinação

Deixe a Liberdade reinar
O sol nunca brilha tão
glorioso como diante
de uma conquista humana"

Nelson Mandela



Liberdade, Direitos Humanos, e a história e obra do homenageado Nelson Mandela, Personalidade do Mês na biblioteca.

O grande Homem do Nosso Tempo- Nelson Mandela

"Personalidade do Mês" na BE

 "A minha inspiração são os homens e as mulheres que surgiram em todo o globo e escolheram o mundo como o teatro das suas operações, e que lutam contra as condições socioeconómicas que não promovem o avanço da Humanidade, onde quer que este ocorra. Homens e mulheres que lutam contra a supressão da voz humana, que combatem a doença, a iliteracia, a ignorância, a pobreza e a fome. Alguns são conhecidos, outros não. Essas são as pessoas que me inspiraram".

Nelson Mandela, in 'Conferência na London School of Economics, Londes, 6 Abril 2000'



Exposição "Vida e Obra de Nelson Mandela"

Alerta - prazos do concurso "Uma Aventura ... 2013"


A editorial Caminho lançou mais uma edição do Concurso "Uma Aventura...". Este concurso, destinado aos alunos do pré-escolar, 1º ciclo, 2º ciclo, 3º ciclo e secundário, desenrola-se em 6 modalidades: Texto original, Crítica, Desenho, Teatro, Olimpíadas da História e Blogue.

ATENÇÃO
O prazo de entrega dos trabalhos termina a 15 de fevereiro de 2013, podendo ser enviados por correio ou pela Internet.
Para mais informações, consulta o cartaz do concurso ou pede esclarecimentos na biblioteca.

Ainda estás a tempo de concorrer!
A maior parte dos livros estão ao teu dispôr na BE.


Personalidade do Mês - Nelson Mandela

Nelson Mandela é um dos grandes líderes morais e políticos do nosso tempo, cuja vida exemplar, inteiramente consagrada à afirmação da dignidade do homem e à luta contra a opressão racial na África do Sul, lhe valeu o Prémio Nobel da Paz e a presidência do seu país.

Desde a sua libertação triunfal em 1990, após mais de um quarto de século de prisão, Mandela passou a estar no centro do drama político mais fascinante e inspirador do mundo. Como presidente do Congresso Nacional Africano e chefe do movimento anti-arpartheid da África do Sul, desempenhou um papel fulcral na passagem do seu país para um governo multi-racial e de maioria.

É mundialmente admirado como uma força vital na luta pelos direitos humanos e pela igualdade racial.

Fonte: Open Books Systems




Feliz Ano Novo



                     






"As viagens de Gulliver" - ilustrações

A peça, representada pelo grupo Animateatro, ilustrada pelos alunos do 5º.









Tarde de cinema "O Expresso Polar"

No último dia de aulas, antes das férias de Natal...




“O Expresso Polar” é um conto de natal realizado por Robert Zemeckis e baseado no livro de Chris Van Allsburg. Este filme mostra o dilema de uma criança que, por não acreditar no Pai Natal, decide realizar uma viagem rumo ao Pólo Norte num comboio de ferro.

Apesar de guardar todas as características de um comboio a vapor de 1931, contém uma "magia natalícia". Durante o trajeto, a criança encontra várias situações que a levam a conhecer o Pai Natal e recuperar o espírito de Natal que nunca tinha tido.



Árvore de Natal “Re”construir a Sociedade (EVT)


 

“Re”construir a Sociedade - (obra dos alunos do 2º ciclo EVT)




"A televisão e os jornais pintam-nos a toda hora um Portugal triste, velho e cansado. Um Portugal sem dinheiro, com dívidas e falências, desemprego, fome, injustiça e corrupção. Um Portugal abandonado e a desertificar, consequência do fecho de serviços e da emigração.

Este Portugal que nos apresentam, parece não ver luz ao fundo do túnel…

Assim, decidimos representar este país cinzento através de um tronco de árv...ore carbonizada.

Na sequência do 5 de Outubro, abordámos em Educação Visual temas como a breve história de Portugal do séc. XX, a Declaração Universal dos Direitos Humanos e a Constituição da República Portuguesa. E chegámos a uma conclusão…

Algo tem que mudar!!!

Um país tão rico em matéria-prima, onde a agricultura, pesca e indústria quase não existem, necessita voltar a produzir.

Nós, a nova geração de portugueses temos vontade de entrar para a história do país, deixando um marco, um virar de página. Unidos e respeitando os Direitos Humanos, voltaremos a “re”construir uma sociedade mais justa e equilibrada, onde valha a pena viver.

Neste trabalho quisemos representar essa mesma sociedade.

Viva Portugal!

Feliz Natal!"

Profª Elizabete Isabel e seus alunos de EVT

Árvore de Natal da Matemática



A Profª Gilberta Guerreiro e os seus alunos, no âmbito da Matemática, decoraram o pinheiro da entrada da escola com embrulhos de presentes em diversas formas geométricas.


          

 

A Árvore de Natal da Esperança (EVT)


"José de Guimarães fascinou-nos com a técnica que utiliza em muitas das suas esculturas, a pasta de papel.

A simplificação das formas chega quase ao abstrato, mas a identidade permanece através das cores puras e contrastantes.

Depois da elaboração de várias maquetes, chegámos à nossa árvore bem portuguesa.

A Árvore de Natal da Esperança de um Portugal mais justo onde nós queremos viver!"

Profª Elizabete Isabel e seus do 6ºB de EVT






Premiado o cartaz vencedor do Mês das Bibliotecas Escolares


Foram entregues os Prémios e Diplomas às queridas alunas vencedoras do Cartaz do Mês das Bibliotecas Escolares: uma chave para o Passado, Presente e Futuro

Mais uma vez muitos parabéns pela criatividade e participação.

Premiados os melhores colaboradores da BE






Novo Lema da Biblioteca

 Eleito e premiado o novo lema 2012/2013, da autoria da aluna Liliana Sousa do 9º Ano.

"Na biblioteca quem entrar é obrigado a sonhar"